Aditivos anti-UV: conheça essa tecnologia

Tempo de leitura: 3 minutos

Você já se perguntou o que cortinas de blackout, tintas e embalagens plásticas alimentícias tem em comum? Todos eles sofrem com a fotodegradação em função dos raios UV. Entenda como a tecnologia S3nano pode solucionar este problema do mercado!

As cortinas de blackout ficaram famosas ao longo dos anos graças a sua capacidade de bloquear até 99% da iluminação externa. Ou seja, são elas as responsáveis por deixar o quarto escurinho ao amanhecer, trazendo a sensação de aconchego.

Porém, para que esse efeito corta-luz seja eficiente, é necessário escolher o material adequado para a sua cortina. Normalmente, o mais indicado é o PVC que, além de estar presente nos blackouts, também é muito comum em persianas. Esse polímero, nomeado de policloreto de vinila, é um dos termoplásticos mais consumidos do mundo!

Entretanto, apesar do alto desempenho, a vida útil dessas cortinas e persianas não costuma ser muito longa. Isso porque elas ficam diretamente expostas a radiação UV emitida pelos raios solares, o que provoca a fotodegradação do polímero.

Quer ver um exemplo? Se você tem uma cortina de blackout na sua casa, ou uma persiana, dá uma olhada na cor dela no lado que fica exposto ao sol. Eu aposto que está com uma coloração desbotada, amarelada. Esse é um dos efeitos mais comuns da fotodegradação!

Outro ponto que merece atenção quando falamos em fotodegradação são os alimentos! A maioria das embalagens plásticas não possui proteção contra os raios UV, deixando os insumos suscetíveis a deterioração e acelerando a sua decomposição.

Entenda o que acontece:

A radiação solar é composta por ondas eletromagnéticas com diferentes comprimentos. Elas podem ser divididas em três grandes grupos: infravermelho, luz visível e ultravioleta.

Os raios ultravioleta, também chamados de UV, são os grandes vilões para os polímeros. Eles provocam a fotodegradação, no qual a radiação UV é absorvida pelo material, provocando a oxidação da cadeia polimérica. Dessa forma, ocorre a deterioração do polímero, alterando significativamente as propriedades mecânicas e características do produto acabado.

Os polímeros são os únicos materiais afetados pela fotodegradação?

Não! Outro segmento muito afetado pela fotodegradação são as tintas. Nesse aspecto, podemos incluir as tintas imobiliárias, industriais e até mesmo àquelas usadas para as artes.

De maneira geral, pintamos uma superfície para que ela tenha um acabamento estético. Porém, a pintura possui inúmeras outras funções como, por exemplo, a proteção. Por esse motivo, é esperado que ação desses revestimentos seja prolongada.

Infelizmente, aqui a fotodegradação atua novamente. A incidência da radiação UV ataca os pigmentos, sejam eles orgânicos ou inorgânicos, podendo provocar o desbotamento e até mesmo a formação de trincas na pintura.

Como proteger os materiais da radiação UV?

Essa proteção pode ser feita através de aditivos! A proposta da S3nano surge como uma solução inteligente e inovadora. Nossos aditivos anti-UV são constituídos de óxidos metálicos estabilizados que garantem alta eficiência contra todos os comprimentos de onda da luz ultravioleta. Ou seja, as radiação UVA, UVB e UVC. Ademais, têm por característica a fácil incorporação e mistura, além de proteção uniforme e permanente. Isso sem mencionar o excelente custo benefício!

O aditivo anti-UV S3nano atua através da absorção dos raios UV, possibilitando um efeito mínimo da ação da radiação na cadeia polimérica. Dessa forma, o efeito contra o ultravioleta permanece ativo durante toda a vida útil do material! Como consequência, somos capazes de aumentar a durabilidade do produto, bem como a manutenção da cor e qualidade. Além disso, há diminuições expressivas nas rachaduras e ressecamentos provocados pela radiação.

Quer conhecer mais sobre os aditivos anti-UV? Entre em contato com a nossa equipe de especialistas e descubra como incorporar a nossa tecnologia no seu produto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish

Receba nossos materiais exclusivos em seu e-mail