Antimicrobiano ou antibactericida? Entenda o termo correto

Tempo de leitura: 2 minutos

Antimicrobiano e antibactericida. Eu tenho certeza que você já escutou esses termos ou se deparou com eles em algum conteúdo informativo e até mesmo em embalagens. Mas, você sabe o que eles querem dizer? Será que esses termos são corretos? Descubra um pouco mais sobre eles e qual a forma mais adequada de utilizá-los!

Com a pandemia da COVID-19, produtos com apelo contra os microrganismos tem ganhado força. Sendo assim, é cada vez mais comum nos depararmos com frases ou termos que fazem referência a ação de eliminar vírus e bactérias. Nesse cenário, as palavras antimicrobiano e antibactericida estão entre as mais citadas! No entanto, adiantamos que apenas um dos termos está correto. Confira abaixo para não se confundir mais!

Antimicrobiano

O termo antimicrobiano é uma denominação global utilizada para todos os produtos capazes de prevenir, destruir ou inibir a multiplicação de microrganismo. Aqui nos referimos ao combate de bactérias, fungos e vírus!

Com a adição de um agente antimicrobiano nesta placa, a proliferação de microrganismos seria evitada!

Além desse, é comum encontrarmos também os termos antiviral, antibacteriano e antifúngico. Nesse caso, eles fazem referência ao combate de um tipo específico de microrganismo. No caso do antiviral nos referimos a produtos capazes de combater vírus. Já para o antibacteriano são aqueles capazes de agir contra as bactérias e os antifúngicos atuam contra os fungos.

Repare que não estamos restringindo a uma única espécie, mas sim a um único tipo de microrganismo. Por exemplo, um produto antibacteriano pode combater tanto a bactéria Mycobacterium tuberculosis, causadora da tuberculose, quanto a Streptococcus pneumoniae, que provoca a pneumonia. Porém, este mesmo produto, não terá necessariamente ação contra um vírus!

Falando em ação contra vírus, fungos e bactérias, você já se perguntou como é possível saber se um determinado microrganismo foi eliminado? Um exemplo bem famoso é a frase: “Elimina até 99% das bactérias.” Mas, como saber que 99% foi eliminado? Isso é possível graças as normas de eficiência antimicrobianas. Se quiser saber mais sobre elas, temos um blog exclusivo sobre assunto!

Antibactericida

O termo antibactericida, na verdade, é incorreto! Ele surgiu como um derivado da palavra bactericida que refere-se a um agente capaz de matar bactérias. Porém, não provoca a lise celular. Ou seja, produtos bactericidas são capazes de matar as bactérias, mas não destruí-las.

O prefixo “anti” é comumente adicionado aos termos para indicar oposição. Por exemplo, produtos antioleosidade combatem a oleosidade, agentes antibacterianos agem contra bactérias. Então, a palavra antibactericida seria uma oposição ao termo bactericida. Se um agente bactericida mata bactérias, um antibactericida as deixaria viva. Por esse motivo, não é adequado utilizar o termo antibactericida se quiser fazer referência a um produto capaz de eliminar bactérias!

Esses são somente alguns termos que aparecem no universo de aplicações da S³nano! Sabendo da complexidade e da variedade existente, criamos um glossário as principais definições para que não haja mais dúvidas. Você pode acessá-lo aqui!

Quer saber como tornar o seu produto um agente antimicrobiano? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish

Receba nossos materiais exclusivos em seu e-mail